A proposta de “tapas” (que em espanhol quer dizer “comer com as mãos”, ou seja, todo petisco de bar que você vai comer sem talheres ou ainda, “de pincho”, come com palitinho), veio da saída dos alunos a campo na Vila Madalena, onde o número de bares é grande. Entre eles existem os de “tapas” tradicionais espanhóis, nos quais são servidos esses petiscos, há ainda os que servem iguarias dos países de língua espanhola como Chile, Argentina, Uruguai etc. Após andarem pelo bairro, os alunos pararam num bar onde são servidas empanadas, presentes na gastronomia espanhola e nos países nossos vizinhos de língua “hermana”. Foi então que se configurou a proposta de nosso trabalho da Mostra, que está ligada à gastronomia. Os alunos do primeiro e segundo anos do Ensino Médio fizeram em nossa cozinha experimental algumas fornadas de empanadas que foram servidas para algumas pessoas. Depois foram feitas entrevistas com os participantes. No dia da mostra os alunos farão as empanadas que servirão aos pais e público da Mostra.